O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos (2018)

Por Nagib Salha

Com um visual realmente deslumbrante, O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos é forte concorrente a três estatuetas do Oscar, no mínimo. Além dos figurinos e cenários mágicos de Natal, temos uma das mais belas fotografias já vistas em uma produção da Disney.

Um outro espetáculo interessante, foi o balé apresentado por Misty Copeland, principal dançarina na American Ballet Theatre. Totalmente fiel a composição de Tchaikovsky. A figurinista Jenny Beavan unindo-se a Guy Hendrix Dyas (Design de Produção) foram os grandes responsáveis pelos momentos mais belos da produção.

A produção nos apresenta uma visão de Natal em uma Londres na era vitoriana, onde Clara (Mackenzie Foy, fantástica), está de luto pela morte de sua mãe. Na véspera de Natal, ela recebe um curioso ovo de prata como último presente da falecida. Porém, há uma fechadura no objeto e Clara não tem a chave. Seu padrinho (Morgan Freeman), acaba guiando a jovem para um reino mágico de brinquedos em busca desta chave. Neste reino, todos os brinquedos estão “vivos” e a consideram uma Rainha.

Keira Knightley é a Fada Açucarada (ou Doce) e comanda a Terra dos Doces. Helen Mirren está ótima como a Mãe Ginger. Entre as duas há uma terrível rivalidade e nossa querida Clara deverá intervir e estabelecer a paz entre os Quatro Reinos. Todos os aspectos do filme pareciam buscar constantemente o equilíbrio. Talvez isso tenha atrapalhado um pouco a trama escrita por Ashleigh Powell. É fácil de perceber que tudo merecia uma explicação e que fatos distintos não deveriam existir, tudo deveria funcionar como um jogo de dominó sem peças sobrando. Talvez por isso, o filme tenha se tornado tão previsível inclusive em sua única reviravolta.

Keira Knightley, Helen Mirren e Mackenzie Foy merecem os destaques em relação ao elenco. Knightley, foi fundamental, de forma satisfatória. Os créditos da direção divididos entre Lasse Hallström e Joe Johnston só comprovam que as refilmagens foram bastante significativas e, ao que parece, mudaram o tom do filme em diversos aspectos, trazendo inclusive um certo desconforto em determinados momentos.

O roteiro teve falhas que não mereciam fazer parte de um filme da Disney. Não vale muito citá-los por conter spoilers. Mas, serão claramente percebidos pelo espectador adulto. O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos é um filme infantil, entretanto, prepare-se para explicar alguns possíveis questionamentos aos seus filhos (por exemplo: “por que a mãe não gostava tanto dos outros filhos?”).

O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos (2018) – Título original: The Nutcracker and the Four Realms. Dirigido por Lasse Hallström e Joe Johnston. No elenco: Mackenzie Foy, Matthew Macfadyen, Morgan Freeman, Helen Mirren, Keira Knightley, Omid Djalili, Eugenio Derbez e Jayden Fowora-Knight. EUA. Duração de 99 minutos.

 

Compartilhe: